Back to Top icon+icon-facebookicon-fichaicon-fullscreenicon-kukagameslogo-safer icon-mobileicon-nucleoicon-printicon-seta-nexticon-seta-previcon-vire

Ficha para o professor

Vida de Princesa

Vida de Princesa

A princesa mora em um reino cheio de alegria

Cheio de encanto e muita sintonia

Vamos conhecer suas histórias e viver essa magia!

JOGAR

Nível de Ensino

Educação Infantil

Ensino Fundamental I

Componente curricular

Língua Portuguesa

Matemática

História

Tema

Histórias de princesa

Série

2º Estágio - 1º Ano - 2º Ano - 3º Ano

Idade

05 a 09 anos

Objetivos para o aluno

  • Trabalhar a memória e a imaginação;
  • Desenvolver atenção, concentração e o raciocínio lógico;
  • Estimular o interesse pelo ato de ouvir histórias;
  • Conhecer contos e fábulas;
  • Desenvolver a autoconfiança na resolução de problemas;
  • Analisar figuras e ampliar as noções de composição e decomposição a partir da fragmentação de uma imagem;
  • Perceber as diferentes posições de figuras fragmentadas de uma imagem;
  • Evidenciar a discriminação e a percepção visual, através da análise das peças e suas posições no quebra-cabeça;
  • Possibilitar o desenvolvimento das diversas habilidades do pensamento, como a observação, a comparação, análise e a capacidade de sintetizar;

Objetivos para o professor

  • Estimular o desenvolvimento da linguagem discriminação auditiva e percepção visual;
  • Criar o desenvolvimento da criatividade e raciocínio lógico da criança;
  • Promover momentos de lazer através da apreciação da história;
  • Ampliar conhecimentos dos alunos;
  • Trabalhar com os alunos as habilidades motoras, habilidades de concentração e raciocínio lógico;

Sugestão de abordagem para o professor

(Sugestão 1) Produção de fantoches de dedo e posterior momento para contação de história com uso dos mesmos. Os fantoches também podem ser feitos utilizando palitos de picolé e desenhos produzidos em cartolina ou papel cartão.

(Sugestão 2) Solicitar que os alunos contem sua história favorita.

(Sugestão 3) Solicitar que os alunos criem histórias em quadrinhos sobre um dos personagens no game.

(Sugestão 4) Pintar o rosto das crianças e pedir para que elas reproduzam uma cena de alguma história infantil.

(Sugestão 5) Colorir/pintar com giz de cera ou tinta guache personagens de histórias infantis.

(Sugestão 6) Entregar para os alunos uma história em quadrinho incompleta (faltando alguns quadros e algumas falas) e pedir para que eles continuem a história.

(Sugestão 7) Teatro de sombras: Deve-se colocar as mãos ou uma marionete em frente à luz para que a sombra seja projetada na parede ou tela. De acordo com a posição das mãos e os movimentos, pode-se criar/imitar/reproduzir figuras: animais, seres humanos, etc.

(Sugestão 8) Contação de história por meio de mímicas. Coloque os alunos em roda, em seguida convide um grupo ou um aluno individualmente para fazer as mímicas. Os alunos sentados devem tentar adivinhar sobre qual história o aluno está gesticulando.

(Sugestão 9) Contação de história utilizando objetos para representar personagens. Peça para que os alunos levem para a escola objetos e brinquedos de sua preferência para criação de narrativas.

(Sugestão 10) Produza cenários e vestimentas de personagens de desenho e história, em seguida conduza os alunos para criação de narrativas para apresentação teatral.

(Sugestão 11) Encenação de músicas.

(Sugestão 12) Monta e desmonta com ilustrações de príncipes e princesas. Imprima o molde de um corpo de menino e um corpo de menina, em seguida entregue materiais diversos como, papel crepom, E.V.A, pedaços de tecido. Peça para que os alunos montem vestimenta para os moldes. Você pode determinar o tipo de vestimenta de acordo com o tema trabalhado, como por exemplo, príncipes e princesas, personagens de filmes e desenhos e etc.

Complementando o conteúdo

A importância da imaginação

Quando crianças é muito comum brincadeiras de heróis, heroínas, vilões ou até mesmo na reprodução de papéis da vida real – como pai, mãe, médico, professor, vendedor. É dessa forma que as crianças começam a entender sobre formas de ser e de agir e sobre formas de se relacionarem com os outros. As crianças aprendem muito por meio da imaginação. Ao criarem contextos para essas brincadeiras a partir das experiências que vivem, como um passeio, uma ida ao posto de saúde ou a visita ao trabalho de um familiar, também compreendem melhor o funcionamento dessas e de tantas outras situações sociais.

Imaginar é tão fundamental ao longo da infância e precisa ser algo instigado pelos adultos, inclusive professores. Essa instigação pode acontecer por meio do convite à brincadeira, à escuta de histórias, a jogos, às conversas sobre os mais diferentes assuntos. Valorizar a imaginação infantil e abrir espaço para ela é um dos modos de favorecer as aprendizagens dos pequenos e de produzir impactos em seu desenvolvimento.

FONTE: https://labedu.org.br/imaginar-educa-qual-importancia-da-imaginacao-ao-longo-da-infancia/

acesso em: 18/02/2021

Objetivo de aprendizagem e desenvolvimento segundo a BNCC

EDUCAÇÃO INFANTIL

(EI03EF02) Inventar brincadeiras cantadas, poemas e canções, criando rimas, aliterações e ritmos.

(EI03EF04) Recontar histórias ouvidas e planejar coletivamente roteiros de vídeos e de encenações, definindo os contextos, os personagens, a estrutura da história.

(EI03EF05) Recontar histórias ouvidas para produção de reconto escrito, tendo o professor como escriba.

(EI03EF06) Produzir suas próprias histórias orais e escritas (escrita espontânea), em situações com função social significativa

(EI03EO02) Agir de maneira independente, com confiança em suas capacidades, reconhecendo suas conquistas e limitações.

(EI03CG02) Demonstrar controle e adequação do uso de seu corpo em brincadeiras e jogos, escuta e reconto de histórias, atividades artísticas, entre outras possibilidades.

(EI03CG05) Coordenar suas habilidades manuais no atendimento adequado a seus interesses e necessidades em situações diversas.

(EI03ET01) Estabelecer relações de comparação entre objetos, observando suas propriedades.

(EI03ET05) Classificar objetos e figuras de acordo com suas semelhanças e diferenças.

ENSINO FUNDAMENTAL 1

Língua Portuguesa

(EF15LP02) Estabelecer expectativas em relação ao texto que vai ler (pressuposições antecipadoras dos sentidos, da forma e da função social do texto), apoiando-se em seus conhecimentos prévios sobre as condições de produção e recepção desse texto, o gênero, o suporte e o universo temático, bem como sobre saliências textuais, recursos gráficos, imagens, dados da própria obra (índice, prefácio etc.), confirmando antecipações e inferências realizadas antes e durante a leitura de textos, checando a adequação das hipóteses realizadas.

(EF15LP03) Localizar informações explícitas em textos. (EF15LP04) Identificar o efeito de sentido produzido pelo uso de recursos expressivos gráfico-visuais em textos multissemióticos.

(EF15LP15) Reconhecer que os textos literários fazem parte do mundo do imaginário e apresentam uma dimensão lúdica, de encantamento, valorizando-os, em sua diversidade cultural, como patrimônio artístico da humanidade.

(EF15LP18) Relacionar texto com ilustrações e outros recursos gráficos.

(EF15LP18) Relacionar texto com ilustrações e outros recursos gráficos. Oralidade Contagem de histórias

(EF15LP19) Recontar oralmente, com e sem apoio de imagem, textos literários lidos pelo professor.

Matemática

(EF01MA09) Organizar e ordenar objetos familiares ou representações por figuras, por meio de atributos, tais como cor, forma e medida.

(EF01MA10) Descrever, após o reconhecimento e a explicitação de um padrão (ou regularidade), os elementos ausentes em sequências recursivas de números naturais, objetos ou figuras.

(EF01MA11) Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço em relação à sua própria posição, utilizando termos como à direita, à esquerda, em frente, atrás.

(EF01MA12) Descrever a localização de pessoas e de objetos no espaço segundo um dado ponto de referência, compreendendo que, para a utilização de termos que se referem à posição, como direita, esquerda, em cima, em baixo, é necessário explicitar-se o referencial

História

(EF03HI07) Identificar semelhanças e diferenças existentes entre comunidades de sua cidade ou região, e descrever o papel dos diferentes grupos sociais que as formam. A produção dos marcos da memória: a cidade e o campo, aproximações e diferenças

(EF03HI08) Identificar modos de vida na cidade e no campo no presente, comparando-os com os do passado.

Como acessar o jogo educativo

Jogue na internet, acessando: https://www.escolagames.com.br/jogos/vidaDePrincesa/