logo Escola Games
Site em inglês
logo Escola Games

Ficha pedagógica

Vida de Princesa

Vida de Princesa

A princesa mora em um reino cheio de alegria

Cheio de encanto e muita sintonia

Vamos conhecer suas histórias e viver essa magia!

Acessar
BNCC - Ensino Fundamental
ComponenteAno / FaixaUnidades temáticasObjetos de conhecimentoHabilidades
Língua Portuguesa
2º Ano
Leitura/escuta (compartilhada e autônoma)

Formação do leitor literário

(EF02LP26)

Ler e compreender, com certa autonomia, textos literários, de gêneros variados, desenvolvendo o gosto pela leitura.

Língua Portuguesa
1º Ano
2º Ano
Leitura/escuta (compartilhada e autônoma)

Apreciação estética/Estilo

(EF12LP18)

Apreciar poemas e outros textos versificados, observando rimas, sonoridades, jogos de palavras, reconhecendo seu pertencimento ao mundo imaginário e sua dimensão de encantamento, jogo e fruição.

Língua Portuguesa
1º Ano
2º Ano
Análise linguística/semiótica (Alfabetização)

Formas de composição de textos poéticos

(EF12LP19)

Reconhecer, em textos versificados, rimas, sonoridades, jogos de palavras, palavras, expressões, comparações, relacionando-as com sensações e associações.

Base Nacional Comum Curricular (BNCC)
personagem Escola Games

Dicas para o educador

Contos de fada e outras histórias são muito comuns no cotidiano e imaginário infantil. Nessa fase, imaginar permite conhecer mundos distantes ou diferentes culturas e, acima de tudo, permitem aprender sobre a linguagem que usamos para escrever. Essas histórias auxiliam em diversos processos de ensino-aprendizagem como prestar atenção às palavras, ampliação do vocabulário, uso de frase frases, expressões diferentes das que são utilizadas para conversar, rimas, entre outros. Este game tem o objetivo principal fortalecer o imaginário das crianças, despertando também a atenção e concentração por meio da composição e decomposição de imagens.

Objetivos para o aluno

Trabalhar a memória e a imaginação;

Desenvolver atenção, concentração e o raciocínio lógico;

Estimular o interesse pelo ato de ouvir histórias;

Conhecer contos e fábulas;

Desenvolver a autoconfiança na resolução de problemas;

Analisar figuras e ampliar as noções de composição e decomposição a partir da fragmentação de uma imagem;

Perceber as diferentes posições de figuras fragmentadas de uma imagem;

Evidenciar a discriminação e a percepção visual, através da análise das peças e suas posições no quebra-cabeça;

Possibilitar o desenvolvimento das diversas habilidades do pensamento, como a observação, a comparação, análise e a capacidade de sintetizar;

Objetivos para o professor

Estimular o desenvolvimento da linguagem discriminação auditiva e percepção visual;

Criar o desenvolvimento da criatividade e raciocínio lógico da criança;

Promover momentos de lazer através da apreciação da história;

Ampliar conhecimentos dos alunos;

Trabalhar com os alunos as habilidades motoras, habilidades de concentração e raciocínio lógico;

Sugestão de abordagem para o professor

(Sugestão 1) Produção de fantoches de dedo e posterior momento para contação de história com uso dos mesmos. Os fantoches também podem ser feitos utilizando palitos de picolé e desenhos produzidos em cartolina ou papel cartão.

(Sugestão 2) Solicitar que os alunos contem sua história favorita.

(Sugestão 3) Solicitar que os alunos criem histórias em quadrinhos sobre um dos personagens no game.

(Sugestão 4) Pintar o rosto das crianças e pedir para que elas reproduzam uma cena de alguma história infantil.

(Sugestão 5) Colorir/pintar com giz de cera ou tinta guache personagens de histórias infantis.

(Sugestão 6) Entregar para os alunos uma história em quadrinho incompleta (faltando alguns quadros e algumas falas) e pedir para que eles continuem a história.

(Sugestão 7) Teatro de sombras: Deve-se colocar as mãos ou uma marionete em frente à luz para que a sombra seja projetada na parede ou tela. De acordo com a posição das mãos e os movimentos, pode-se criar/imitar/reproduzir figuras: animais, seres humanos, etc.

(Sugestão 8) Contação de história por meio de mímicas. Coloque os alunos em roda, em seguida convide um grupo ou um aluno individualmente para fazer as mímicas. Os alunos sentados devem tentar adivinhar sobre qual história o aluno está gesticulando.

(Sugestão 9) Contação de história utilizando objetos para representar personagens. Peça para que os alunos levem para a escola objetos e brinquedos de sua preferência para criação de narrativas.

(Sugestão 10) Produza cenários e vestimentas de personagens de desenho e história, em seguida conduza os alunos para criação de narrativas para apresentação teatral.

(Sugestão 11) Encenação de músicas.

(Sugestão 12) Monta e desmonta com ilustrações de príncipes e princesas. Imprima o molde de um corpo de menino e um corpo de menina, em seguida entregue materiais diversos como, papel crepom, E.V.A, pedaços de tecido. Peça para que os alunos montem vestimenta para os moldes. Você pode determinar o tipo de vestimenta de acordo com o tema trabalhado, como por exemplo, príncipes e princesas, personagens de filmes e desenhos e etc.

Complementando o conteúdo

A importância da imaginação

Quando crianças é muito comum brincadeiras de heróis, heroínas, vilões ou até mesmo na reprodução de papéis da vida real – como pai, mãe, médico, professor, vendedor. É dessa forma que as crianças começam a entender sobre formas de ser e de agir e sobre formas de se relacionarem com os outros. As crianças aprendem muito por meio da imaginação. Ao criarem contextos para essas brincadeiras a partir das experiências que vivem, como um passeio, uma ida ao posto de saúde ou a visita ao trabalho de um familiar, também compreendem melhor o funcionamento dessas e de tantas outras situações sociais.

Imaginar é tão fundamental ao longo da infância e precisa ser algo instigado pelos adultos, inclusive professores. Essa instigação pode acontecer por meio do convite à brincadeira, à escuta de histórias, a jogos, às conversas sobre os mais diferentes assuntos. Valorizar a imaginação infantil e abrir espaço para ela é um dos modos de favorecer as aprendizagens dos pequenos e de produzir impactos em seu desenvolvimento.

FONTE: https://labedu.org.br/imaginar-educa-qual-importancia-da-imaginacao-ao-longo-da-infancia/

acesso em: 18/02/2021