Back to Top icon+icon-facebookicon-fichaicon-fullscreenicon-kukagameslogo-safer icon-mobileicon-nucleoicon-printicon-seta-nexticon-seta-previcon-vire

Ficha para o professor

Par ou ímpar

Par ou ímpar

Venha para a praia brincar com os macaquinhos! Eles querem saber a diferença entre os números pares e ímpares.

A diversão é garantida e quem aceitar o desafio, vai poder surfar e se refrescar com os cocos.

Nível de Ensino

Ensino Fundamental I

Componente curricular

Matemática

Tema

Números e Operações

Série

1º Ano - 2º Ano - 3º Ano

Idade

6 a 9 anos

Objetivos para o aluno

  • Ampliar a compreensão do sistema de numeração decimal por meio do estudo de uma característica de seus elementos: par ou ímpar;
  • Identificar e escrever a sequência dos números pares e ímpares;
  • Fixar a aprendizagem e sistematizar os conceitos de par e ímpar;

Objetivos para o professor

  • Trabalhar com o conceito de números pares e ímpares;
  • Estimular o gosto pela Matemática, através de atividades lúdicas e prazerosas;
  • Reforçar conteúdo trabalhado em sala de aula;
  • Estimular a troca de conhecimentos, a socialização e a interação entre os alunos;

Sugestão de abordagem para o professor

Para a realização desta aula é necessário que o aluno seja capaz de expor oralmente suas ideias e se relacionar com os colegas. Além disto, é preciso que reconheça o sistema de numeração decimal.

Separe a turma em duplas para as jogadas. Cada dupla deverá levar uma folha, lápis e borracha. Na 1ª rodada, um integrante da dupla deverá marcar os números que se pede. Enquanto isso, o outro integrante deverá anotar os números que o colega marcou na jogada. Enquanto fazem isso, deverão trocar ideias a respeito dos números.

Somente depois de copiarem os números é que deverão clicar no ícone “verificar”, pois os números desaparecerão logo em seguida, dando início a outra rodada.

As funções dos integrantes da dupla serão trocadas a cada jogada.

Ao final, uma brincadeira do macaco surfista será proposta. Nesta etapa também deverá haver um revezamento, pois somente um jogador participa. É importante deixar claro aos alunos que, mesmo sendo um colega a comandar o teclado, os dois alunos deverão trocar ideias constantemente sobre os números que aparecem.

Depois, atividades em duplas deverão ser propostas a partir dos números que anotaram:

- Construir trilha de números pares ou ímpares e usá-la para jogar em grupos. Nesta atividade, a criação de obstáculos também deverá ser incluída na proposta.

- Bingo de números pares ou ímpares;

- Liga pontos de números pares ou ímpares;

- Colocar números em ordem crescente e/ou decrescente;

- Ao conduzir o processo de aprendizagem, propicie atividades que permitam à criança perceber que, ao dividir um número natural por dois (2) e a divisão for exata, o número é par; e quando sobrar resto, o número é ímpar.

Complementando o conteúdo

Ao estudar e aprofundar em conteúdos que abordam o ensino e a aprendizagem nas séries iniciais, temos notado e constatado sempre o quanto é importante oferecer jogos como estratégias para novas construções de conhecimento, bem como para avaliar aquilo que já foi conquistado.

A partir de nossas propostas, o professor pode adaptar o conteúdo programático ao game, usando a criatividade para ampliar o seu material.

É importante frisar que, para tornar-se um trabalho producente, o game necessita de uma estratégia didática bem planejada e orientada pelo professor. Simplesmente ligar o computador e deixar que a criança jogue não pode garantir a aprendizagem nem ser entendido como situação oportunizada à criança para que ela construa algum conhecimento.

Foi pensando assim que o ESCOLA GAMES planejou cada uma das etapas do planejamento de todos os jogos do site.

Mas cabe a você professor, definir os objetivos a serem alcançados com sua turma e selecionar o jogo adequado ao momento educativo.

Para a proposta com números pares e ímpares, uma sugestão que irá enriquecer este game:

Proponha aos alunos que se organizem em dois grupos. Caso tenha um número ímpar você poderá fazer parte de um deles. Depois lance questões para que reflitam troquem ideias e respondam:

A - Quantos alunos tem hoje em nossa sala?

B - Para separarmos dois grupos com a mesma quantidade de crianças, o que tivemos que fazer?

C - Quantos alunos ficaram em cada grupo?

Peça aos alunos então que tirem seus sapatos e coloquem, misturados, em um canto. Cada grupo em um ponto diferente. As meias também.

No momento combinado, todos deverão encontrar os pares de sapatos e pares de meias. O grupo que terminar 1º, marca ponto.

Assim que terminar a brincadeira, sentem-se para conversar sobre a quantidade de sapatos que havia, quantos pares conseguiram formar, de quantos pés de sapatos precisamos para formar um par, e dois pares, e três, etc...

Sistematizando as informações, junto com os alunos, registrem o que aprenderam com essa atividade.

Como acessar o jogo educativo

Jogue na internet, acessando: http://www.escolagames.com.br/jogos/parOuImpar.